Ocupação da UFGD prossegue até queda da PEC; reitoria rejeita rodízio - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Ocupação da UFGD prossegue até queda da PEC; reitoria rejeita rodízio

Manifestantes dizem que campus I da UFGD, na Rua João Rosa Góes, está aberta desde segunda e propõem alternar horários para as diferentes coordenadorias

Publicado em: 19/11/2016 às 11h55

douradosagora

Estudantes ocupam UFGD em ato de resistência contra PEC 55 foto - Cido Costa/Douradosagora

Manifestantes sediados no campus I da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) na região central de Dourados estão negociando um rodízio para o trabalho das pró-reitorias. O assunto ainda não está resolvido já que a reitoria teria apresentado uma contraproposta.

Segundo uma porta-voz do grupo, o prédio tomado na semana passada (dia 10) está aberto desde segunda-feira e servidores devidamente identificados com crachás estão adentrando o local para retirar documentos e afins, com o objetivo de darem prosseguimento aos trabalhos, em outro local.

O movimento Ocupa UFGD é contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 55) em trâmite no Senado e que prevê o congelamento de gastos públicos nos próximos 20 anos.

Também protesta contra a Medida Provisória de Reforma do Ensino Médio e reivindica informações acerca de cortes de orçamento anunciados na Universidade, como também a participação da comunidade acadêmica na discussão e decisões acerca da aplicação dos cortes.

Conforme os estudantes que encabeçam o ato de resistência, todos os dias o local vem sendo movimentado com a participação de acadêmicos em diversas atividades com assembleias, oficinas, aula pública sobre projetos culturais, visando a PEC, entre outras.