Buscas por desaparecido no Rio Brilhante continuam - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Buscas por desaparecido no Rio Brilhante continuam

Publicado em: 27/01/2017 às 20h24

Rio Brilhante em tempo real

Foto: Buscas são feitas por mergulhadores de Dourados- Fotos ( Gamarra / Maycon Junior, Rio Brilhante Em Tempo Real)

Na tarde desta sexta-feira a equipe do Corpo de Bombeiros de Dourados continua as buscas pelo homem que foi visto caindo ou saltando da ponte do Rio Brilhante na BR 163 na tarde de ontem(26).

Hoje de acordo com o Tenente Douglas eles realizam mergulhos em busca da vítima e também verificam as margens do rio.

Douglas informou ao site Rio Brilhante em Tempo Real que hoje as buscas devem ir ate as 20h. Caso nada seja encontrado eles retornam amanhã logo cedo.

Para a polícia a vítima se trata de Ricardo Gauto 54 anos morador em Campo Grande. Em cima da ponte foi encontrada uma carteira de trabalho em nome dele.

Segundo informações ele contratou o serviço de um mototaxista na estação rodoviária de Rio Brilhante na tarde de ontem (26), a corrida foi feita ate a ponte.

ENTENDA

Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Dourados chegou por volta das 17h desta quinta-feira, no Rio Brilhante, para iniciar as buscas por um homem que foi visto por pescadores nesta tarde caindo da ponte do rio na BR 163 entre Rio Brilhante e Dourados.

As buscas duraram cerca de uma hora e percorreu aproximadamente 1,5 km, segundo os bombeiros eles realizaram um procedimento chamado ‘’bater galhada’’ nas margens do rio. Nada foi encontrado.

Em cima da ponte os policiais encontraram uma carteira de trabalho em nome de Ricardo Gauto 54 anos, que segundo a polícia é morador em Campo Grande. Em contato com a família desse homem os polícias foram informados que ele saiu de manhã de casa em Campo Grande e não mais retornou. Com isso a suspeita é que o homem desaparecido seja Ricardo.

As buscas foram interrompidas no inicio da noite e serão retomadas na manhã desta sexta-feira (27).

Segundo a polícia civil a cerca de cinco meses Ricardo Gauto foi levado para a delegacia de Rio Brilhante por um fazendeiro, que mora próximo ao Rio Brilhante. Na época Ricardo informou à polícia que havia sido sequestrado por dois homens no distrito de Prudêncio Thomaz, após a negociação de um carro. Os supostos sequestradores teriam jogado ele de cima desta mesma ponte porem, ele relatou que conseguiu sair e buscar ajuda na fazenda.

Os irmãos de Ricardo estiveram na delegacia na época e disseram que ele tomava remédios controlados e que possivelmente a historia contada por ele sobre o sequestro era invenção.

A família o levou de volta para casa e o caso não chegou a ser registrado em boletim de ocorrência.