Depois de ser segurado e esfaqueado, homem é afogado até morrer - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Depois de ser segurado e esfaqueado, homem é afogado até morrer

Mário Fernandes da Silva, 41 anos, tinha vários cortes de faca pelo corpo

Publicado em: 18/02/2017 às 20h21

Correio do Estado

Foto: Mário foi encontrado morto à beira de rio hoje de manhã - Foto: Porã News

Crime brutal aconteceu na madrugada deste sábado, em Ponta Porã. Depois de ser segurado por mulher e esfaqueado, Mário Fernandes da Silva, 41 anos, foi levado para rio e morto afogado. Quatro pessoas foram presas apontadas por envolvimento no assassinato e identificadas pela polícia como Gerson Cardoso Escobar, 28 anos, o irmão dele Delson Cardoso Escobar, Luis Carlos de Oliveira Amarilha, ambos de 31 anos, e Rosineide Porfírio de Mattos, 34.

De acordo com Boletim de Ocorrência, por volta das 9h30min, pessoas que passavam por ponte do Rio São João viram o corpo e comunicaram policiais militares. No local, foi constatado que Mário tinha três perfurações, aparentemente causadas por faca, nas costas, duas na cabeça, e outras três no tórax.

Testemunha que presenciou o homicídio foi localizada e declarou que os autores estavam na casa de Mário, consumindo bebidas alcoólicas, quando começaram a discutir. O motivo da briga seria Rosineide, a qual Mário teria paquerado e os amigos não teriam gostado.

A testemunha dormia, por volta das 4h30min quando escutou a briga e viu Rosineide segurando Mário, enquanto Gerson, Delson e Luis Carlos desferiam golpes de faca. Depois, a vítima foi levada ainda viva para trecho do rio, onde foi afogada até morrer.

Os três homens envolvidos no crime foram presos na casa onde moravam. A mulher apresentou-se na delegacia e ficou detida. O registro policial não descreve se o pivô do crime tem relacionamento amoroso com algum dos autores.