Hospital Evangélico ameaça suspender atendimento pelo SUS - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Hospital Evangélico ameaça suspender atendimento pelo SUS

Publicado em: 10/03/2017 às 08h03

douradosagora

Hospital Evangélico, de Dourados, pode parar de atender pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em 20 dias. Esse foi o prazo estipulado por uma comissão para que seja feita nova contratualização que deverá reajustar os valores repassados a unidade de saúde. Até lá o atendimento continua. No Hospital Evangélico são feitos os atendimentos de média e alta complexidade que envolve oncologia e cardiologia.

A decisão foi tomada durante uma reunião realizada na manhã de hoje (9) envolvendo o Conselho Municipal de Saúde, Ministério Público Estadual, Secretaria Municipal de Saúde e a diretoria do HE.

De acordo com a diretoria do HE, a desatualização dos valores repassados pelo SUS tem contribuído para a crise no Hospital.

A presidente do Conselho Municipal de Saúde, Berenice de Oliveira Machado, disse que foi dado o prazo de 20 dias, a contar de hoje , caso não se resolva a situação, será pedido a intervenção do hospital, com isso, a instituição deixará de atender os pacientes do SUS. "Não podemos mais concordar que com essas condições, e é a população que está sendo prejudicada", disse.

O secretário municipal de saúde, o médico Renato Vidigal, disse que o município faz os repasse em dia, mas problema da instituição é antigo. Desde 2015 não tem reajuste dos repasses. Ele adiantou que o município vai fazer um repasse para compra emergencial de medicamentos, materiais cirúrgicos e fazer um adiantamento da produtividade. Ele pediu para o Conselho Municipal de Saúde fiscalizar esses repasses. "Vamos colocar um técnico dentro do hospital apenas para fiscalizar o real direcionamento do dinheiro que o município repassa", garantiu Vidigal.