Após roubo, homem agride seguranças é baleado e trio acaba preso - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Após roubo, homem agride seguranças é baleado e trio acaba preso

Os criminosos furtaram cerca R$ 163 em produtos

Publicado em: 13/09/2017 às 11h35

CORREIODOESTADO

Seguranças e funcionários do Supermercado foram agredidos - Divulgação

Três pessoas foram presas após roubarem um supermercado, por volta das 20 h de ontem (12), no Bairro Coronel Antonino em Campo Grande. Os criminosos foram identificados como Ana Claudia Pereira da Silva,40, Victor Henrique Bernardo de Oliveira,22, e Jorciley Eloy de Moraes,37, que acabou baleado depois de atacar vigilante.

Segundo informações do boletim de ocorrência, vigilante e uma funcionária do supermercado abordaram os suspeitos do roubo no estacionamento.

A funcionária em companhia do vigilante pediu para que Ana Claudia abrisse a bolsa e mostrasse os produtos que havia pego.

Nesse momento Oliveira,22, que estava com a mulher saiu correndo, mas foi contido pelo vigilante. Ele começou a agredir o funcionário e ambos caíram no chão.

Ainda no estacionamento, a suspeita gritou para o namorado Moraes  “meter o pé”.  Ele agrediu a funcionária com um soco no rosto e um chute na perna.

Na tentativa de defender a vítima, outro funcionário que estava dentro do estabelecimento saiu e tentou conter o autor. Ele também foi agredido com um soco na orelha e caiu desmaiado.

Vigilante que estava na outra extremidade do supermercado, chegou para conter a situação. Descontrolado, Moraes jogou carrinho contra a vítima e tentou desarmá-lo.

O vigilante sacou uma arma e atirou duas vezes. Um disparo acabou atingido o pé esquerdo do autor que cessou as agressões.

Ainda conforme informações policiais,  os criminosos depois de contidos, ameaçaram as vítimas. Os produtos que foram furtados pelos suspeitos totalizaram R$ 163.

Uma equipe do Samu esteve no local e Moraes foi encaminhado até a Santa Casa.

O jovem que estava foragido do sistema prisional e a mulher foram levados até a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário, no centro de Campo Grande.