MEC libera mais de R$ 10 milhões para a Universidade Federal da Grande Dourados - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

MEC libera mais de R$ 10 milhões para a Universidade Federal da Grande Dourados

São R$ 8,97 milhões vão para as obras do Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD) e R$ 1,10 milhão para auxiliar a instituição de ensino superior no cumprimento das suas obrigações com contratos terceirizados e outros investimentos

Publicado em: 02/01/2018 às 10h59

douradosagora

“A obra vai ampliar em 180 leitos a capacidade do hospital e será usada para dar prosseguimento à primeira etapa das obras da Unidade da Mulher e da Criança

O Ministério da Educação liberou na sexta-feira, 29, mais de R$ 10 milhões para a Universidade Federal de Grande Dourados (UFGD), em Dourados, no Mato Grosso do Sul. Desse total, R$ 8,97 milhões vão para as obras do Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD) e R$ 1,10 milhão para auxiliar a instituição de ensino superior no cumprimento das suas obrigações com contratos terceirizados e outros investimentos.

"A obra vai ampliar em 180 leitos a capacidade do hospital e será usada para dar prosseguimento à primeira etapa das obras da Unidade da Mulher e da Criança (UMC), iniciada em outubro deste ano", explica o secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) do MEC, Henrique Sartori.

Em julho deste ano, cerca de R$ 10 milhões já haviam sido empenhados para a construção do prédio, sendo que o restante do aporte financeiro foi garantido pelo MEC e deve ser repassado ao HU-UFGD em duas parcelas, nos próximos dois anos, período em a obra deve ser concluída. O compromisso foi firmado pessoalmente pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, que esteve no hospital em agosto para assinatura da ordem de serviço que deu início à obra.

O recurso liberado nesta sexta-feira é referente a emendas da bancada federal do Mato Grosso do Sul, alocadas via Orçamento Geral da União para 2017. Após o esforço coletivo do MEC, do hospital universitário e a bancada do estado, representada pelo deputado Geraldo Resende (PSDB/MS), parte das emendas foi revertida ao hospital para auxiliar no custeio da primeira etapa da obra da UMC, orçada em aproximadamente R$ 34 milhões.

UMC

A Unidade da Mulher e da Criança (UMC) do HU-UFGD contemplará serviços de ginecologia, obstetrícia, pediatria e neonatologia. Integrada à edificação já existente do hospital universitário, será a maior obra de infraestrutura do hospital desde que ele foi construído, há mais de 10 anos.

Com a primeira etapa concluída, a UMC contará com 55 leitos e serviços de pronto-atendimento pediátrico, pronto-atendimento obstétrico, alojamento conjunto da maternidade, centro de parto normal com cinco quartos pré-parto, parto e pós-parto (PPP), centro obstétrico com quatro salas cirúrgicas, ambulatório pré-natal de alto risco, além de estruturas de apoio, como sala de plantão, área de apoio ao ensino e pesquisa, brinquedoteca e área de convivência, com café e recepção geral.

Investimentos

O MEC ainda liberou para UFGD um total de R$ 1,10 milhão para auxiliar a universidade no cumprimento das suas obrigações com contratos terceirizados e investimentos da instituição de ensino. "Com isso, a UFGD consegue atingir, com eficiência, as metas de custeio e investimento do orçamento do ano de 2017 e entra 2018 com boas perspectivas", comemora a reitora da UFGD, Liane Maria Calarge.