Disputa por vaga no segundo turno na corrida pelo Governo será acirrada - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Disputa por vaga no segundo turno na corrida pelo Governo será acirrada

Três principais nomes estão com páreo aberto, mas Odilon de Oliveira (PDT) lidera pesquisa

Publicado em: 23/04/2018 às 12h47

correiodoestado

A menos de seis meses das eleições, a pesquisa do Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul Ltda. (Ipems), realizada com 1.200 eleitores em 40 municípios no período de 14 a 20 deste mês, mostra equilíbrio entre os três principais pré-candidatos a governador na preferência do eleitorado do Estado. Se o pleito fosse hoje, não daria para apostar em quem iria ao segundo turno. 

A diferença numérica de um pré-candidato em relação ao outro é pequena. Hoje, o juiz federal aposentado Odilon de Oliveira (PDT) lidera com 33,94% das intenções de voto, sendo perseguido de perto pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), com 25,50%, e pelo ex-governador André Puccinelli (MDB), com 25,43%. Como a margem de erro é de 2,83 pontos porcentuais para mais ou para menos sobre o resultado total da amostragem, os números indicam a inexistência de um pré-candidato favorito para a sucessão estadual.

A vantagem de 8,44 pontos porcentuais de Odilon sobre Azambuja e de 8,51 pontos sobre André não é tão grande como parece quando se aplica a margem de erro de 2,83 pontos para mais ou para menos. Ela pode se tornar extensa, no entanto, se esta margem for favorável apenas ao juiz.