Rebelo critica participação de integrantes do Judiciário nas eleições - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, sexta-feira, 22 de junho de 2018

Rebelo critica participação de integrantes do Judiciário nas eleições

Ex-ministro falou sobre a pré-candidatura do juiz federal Odilon de Oliveira

Publicado em: 22/05/2018 às 07h30

correio do estado

Rebelo manifestou a sua preocupação com a postura do Judiciário na vida política do País - Foto: Álvaro Rezende / Correio do Estado

O pré-candidato à Presidência da República, ex-ministro Aldo Rebelo (SD), avaliou com preocupação o poder do Judiciário e Ministério Público (MP) em querer comandar o Brasil participando das eleições por ser julgarem “semideuses”.

Rebelo esteve em Campo Grande ontem (21) e afirmou que prestigiados pelo combate à corrupção, o Poder Judiciário e o MP podem fazer muitas vezes o que bem entendem. “Isso é um equívoco, não se faz democracia desse jeito”, alertou. 

Questionado sobre o que achava da pré-candidatura de um magistrado, no caso o juiz federal aposentado, Odilon de Oliveira (PDT), ao governo do Estado, Rebelo considerou isso ser parte da democracia. “Qualquer um pode querer governar o Estado, pode ser magistrado, padre, freira, pode ser comerciante, médico, advogado, todos têm legitimidade. Na democracia é assim. Agora, o que diferencia é agenda desses pré-candidatos, o que julgam importante, o que querem fazer para melhorar”, avaliou.