Inércia do Poder Público gera prejuízos e sucateamento da malha ferroviária - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, sexta-feira, 22 de junho de 2018

Inércia do Poder Público gera prejuízos e sucateamento da malha ferroviária

Ferrovia Rumo Malha Oeste registrou despesas de R$ 512,6 mi em 3 anos

Publicado em: 04/06/2018 às 07h30

correio do estado

- Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado

Sem o Governo federal assegurar uma política de aumento de demanda e do valor do frete para a ferrovia que corta Mato Grosso do Sul, a Rumo Malha Oeste S/A – que opera 1.973 quilômetros de  ferrovia em solo sul-mato-grossense e paulista  – registrou prejuízo superior a meio bilhão de reais nos últimos três anos, de acordo com relatório da empresa apresentado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Em 2015, foram R$ 141,7 milhões de saldo negativo, prejuízo que subiu para R$ 183,8 milhões em 2016 e chegou a R$ 187,1 milhões no ano passado, totalizando R$ 512,6 milhões.

Sem retorno econômico nesta malha, a holding  Rumo – a qual a Malha Oeste é subordinada – foca seus investimentos em outro ramal, a Malha Norte - que começa em Mato Grosso, cruza a região Norte e Nordeste de Mato Grosso do Sul e segue por São Paulo até o Porto de Santos. A empresa tenta obter junto à CVM autorização para emitir debêntures que vão garantir os investimentos superiores a R$ 4,7 bilhões a esta ferrovia.