Uems precisa de 709 professores para completar quadro - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, sexta-feira, 20 de julho de 2018

Uems precisa de 709 professores para completar quadro

Em audiência pública, problemas do curso de Medicina e outras questões, foram discutidos

Publicado em: 26/06/2018 às 07h53

correio do estado

Alguns cursos podem ser considerados precários, sem laboratórios e professores suficientes - Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems) precisa de 709 professores para completar o quadro da instituição. O total ideal seria de 1.170, conforme o plano de cargos e carreiras da universidade, que conta com 461 docentes concursados. 

Entre efetivos e contratados, a Uems tem 721 professores. Assim, se for levada em conta a manutenção dos profissionais atualmente contratados de forma temporária, que somam 260, a necessidade de efetivos diminui para 449.
   

Na área administrativa, atualmente, a instituição dispõe de 818 concursados, sendo 461 docentes e 357 técnicos. Desses últimos, a necessidade da Uems é de 390 profissionais, diferença de 33 servidores.  

Os dados estão previstos no plano de cargos e carreiras da instituição, que permite a contratação de 390 técnicos e 1.170 docentes, número considerado ideal para atender às necessidades da universidade. Ontem de manhã, na Assembleia Legislativa, audiência pública discutiu os problemas do curso de Medicina da Uems, mas outras dificuldades também foram levantadas.