Estado esvazia poupança de futuras aposentadorias - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

Estado esvazia poupança de futuras aposentadorias

Governo “enxuga gelo” e deixará deficit para as gestões estaduais subsequentes

Publicado em: 23/07/2018 às 07h36

correio do es tado

De R$ 382 milhões contabilizados na poupança da previdência estadual no ano passado, restam apenas R$ 56 milhões - Foto: Arquivo / Correio do Estado

Restam apenas R$ 56 milhões no fundo de reserva do Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos (RPPS) de Mato Grosso do Sul. Assim, o que serviria de poupança para as futuras aposentadorias dos servidores estaduais, não tem servido como investimento, mas para custeio.

Para se ter uma ideia, em apenas dois meses – entre novembro e dezembro do ano passado –, o Executivo utilizou R$ 380 milhões para pagamento de ambas as folhas e também do 13° salário dos servidores inativos, de acordo com informações do Conselho Estadual de Previdência (Conprev/MS).

No mês de novembro, conforme dados do Portal da Transparência da Agência de Previdência Social de Mato Grosso do Sul (Ageprev), havia exatos R$ 382.123.911,55 contabilizados no fundo previdenciário e um mês depois, R$ 72.974.237,96.

Já em janeiro deste ano, último dado presente no portal relativo à Carteira de Investimentos de Renda Fixa do fundo, havia R$ 103.211.570,54. O aumento é decorrente de rendimentos da aplicação.