Turismo de negócios e eventos deve atrair 21 mil pessoas a MS - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Turismo de negócios e eventos deve atrair 21 mil pessoas a MS

Sem Aquário do Pantanal, Capital é ponto de passagem de visitantes

Publicado em: 03/08/2018 às 07h36

correio do estado

Conclusão do Aquário ajudaria setor a ampliar permanência de visitantes na Capital - Foto: Gerson Oliveira / Arquivo / Correio do Estado

O turismo de negócios e eventos de Mato Grosso do Sul vai atrair, somente neste ano, mais de 21 mil pessoas – a maior parte para Campo Grande. Juntos, se permanecerem ao menos dois dias no Estado, esses visitantes podem movimentar mais de R$ 27,3 milhões na economia de MS. A estimativa é da Campo Grande Destination, associação sem fins lucrativos organizada por empresários da Capital que buscam captar eventos para o município. E, com todo esse fluxo de pessoas e expressiva movimentação financeira, os representantes do setor lamentam que um empreendimento com considerável potencial turístico como o Aquário do Pantanal ainda não tenha sido inaugurado. Sem o atrativo, grande parte dos visitantes logo deixa a Capital e segue para regiões do interior do Estado, como Bonito e o Pantanal.

“A gente tem uma perda gigantesca por essa obra ainda não ter sido finalizada. Uma perda gigantesca”, destaca a presidente do Campo Grande Destination, Melissa Tamaciro. “O Aquário, no nosso fluxo turístico, ajudaria a sensibilizar, isto é, atrair a atenção, de mais de 250 mil turistas, por ano”, define. 

“Quando o Aquário estiver pronto, ele vai ser o principal produto turístico da Capital. Agregaria muito ao setor”, opina a superintendente da Secretaria de Cultura e Turismo da Capital (Sectur), Juliane Salvadori.