Descaso acelera destruição de Aquário do Pantanal - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Descaso acelera destruição de Aquário do Pantanal

Correio do Estado visitou o local na tarde de ontem, junto de representantes da Justiça e do Ministério Público

Publicado em: 15/08/2018 às 08h10

correio do estado

rias partes do piso do local já estão se desfazendo e desmontando, ao passo que materiais e equipamentos que já deveriam ter sido instalados envelhacem e se desgastam com o tempo - Foto: Álvaro Rezende / Correio do Estado

Em visita ao que deveria ser o Aquário do Pantanal, o Correio do Estado viu de perto o que já se esperava: total descaso. Essa é a definição que melhor se aplica à situação do local , vistoriado por representantes da Justiça e do Ministério Público Estadual (MPMS), na tarde de ontem. 

Por dentro da obra, que já consumiu pelo menos R$ 200 milhões, o que se vê é o retrato de abandono e desperdício do dinheiro público, situação que já havia sido denunciada pelo Correio do Estado no dia 31 de julho.  

Acompanhado por técnicos da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), do promotor de justiça do Ministério Público Estadual (MPMS), Fernando Martins Zaupa, além de advogados, o juiz David de Oliveira Gomes Filho, da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, visitou toda a obra de aproximadamente 22 mil metros quadrados de área construída, parada desde 2015.

Logo na entrada do empreendimento, a imagem é de um prédio inacabado, prejudicado pelo tempo, mas, acima de tudo, descuidado. O que mais chama atenção é a sujeira, tanto nas paredes, quanto no piso, que já dão os primeiros sinais de que muito do trabalho de acabamento terá de ser refeito.