Estudante brasileira é torturada e morta na fronteira; namorado é suspeito - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Estudante brasileira é torturada e morta na fronteira; namorado é suspeito

Vítima foi encontrada morta na cidade de Pedro Juan Caballero

Publicado em: 20/08/2018 às 09h48

correio do estado

Erika foi morta a facadas na fronteira. - Foto: Reprodução/Facebook

A estudante brasileira de medicina Erika de Lima Corte, de 29 anos, natural de Pontal do Araguaia (MT), foi encontrada morta a facadas na madrugada desta segunda-feira, em residência localizada na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, na linha internacional com o município sul-mato-grossense de Ponta Porã.

Segundo site Porã News, A vítima foi golpeada duas vezes no peito e uma pescoço, no entanto, apresentava pelo menos outras 16 pequenas perfurações pelo corpo, que indicam tortura. O namorado dela é o principal suspeito, motivo pelo qual as autoridades trabalham com a hipótese de feminicídio. Ele está foragido.

O corpo de Erika foi encontrado por uma amiga, no quarto da casa localizada no cruzamento da Rua 15 de Agosto, no Bairro Bernardino Caballero. A faca usada no crime e o celular dela foram levados pelo assassino, na tentativa de dificultar as investigações. Erika é filha do ex-prefeito de Pontal do Araguaia, Raniel Corte.