Policiais ligados ao contrabando e tráfico no Estado passam de 50 - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Policiais ligados ao contrabando e tráfico no Estado passam de 50

Acusações apontam envolvimento com cigarros e drogas

Publicado em: 26/09/2018 às 07h20

correio do estado

No total, foram efetuadas 52 prisões no âmbito de operações - Foto: Divulgação

Mais de 50 policiais das forças estaduais e federais que atuam em Mato Grosso do Sul foram presos, somente neste ano, por envolvimento com o contrabando de cigarros e com o tráfico de drogas. São 52 prisões ocorridas no âmbito de operações ou mesmo de forma isolada, por ligações com o crime organizado pelo recebimento de propinas para a facilitação de passagem de ilícitos por rodovias e estradas vicinais a partir das regiões de fronteira, especialmente com o Paraguai. 

Apenas durante a Operação Nepsis, realizada no fim de semana pela Polícia Federal, 12 policiais foram presos, sendo quatro militares, dois civis e seis rodoviários federais.

No dia 18 deste mês, o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), braço do Ministério Público Estadual, executou a Operação Narco 060, destinada a investigar organização criminosa, tráfico de drogas, associação ao tráfico e corrupção ativa.

Foram cumpridos 25 mandados de prisão preventiva e 26 mandados de busca e apreensão em Campo Grande, Jardim, Bela Vista e Goiânia (GO). A investigação possibilitou a identificação de dois núcleos criminosos distintos: um estabelecido em Bela Vista e outro em Jardim. Ambos contavam com o auxílio de três policiais militares e um investigador da Polícia Civil, cuja participação era considerada indispensável ao êxito das atividades criminosas.