Em noite violenta na Capital, mulher é morta em bar e irmãs são suspeitas - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Em noite violenta na Capital, mulher é morta em bar e irmãs são suspeitas

Outras duas pessoas foram assassinadas e uma morreu em acidente

Publicado em: 05/11/2018 às 08h58

correio do estado

Caso foi registrado na Depac Piratininga. - Foto: Arquivo

Briga em bar ocorrida na noite de ontem, na Vila Nova Capital, região das Moreninhas, em Campo Grande, terminou com Daniele Alencar Viegas, de 29 anos, morta a facadas. As suspeitas são três irmãs dela, que já foram identificadas, mas que ainda não foram localizadas. Esta é uma das quatro mortes registradas nas últimas horas.

De acordo com um homem que testemunhou os fatos, por motivos ainda desconhecidos, Daniele entrou em luta corporal com Viviane, Débora e Fernanda. Em seguida, a testemunha notou que a vítima estava ensanguentada e que uma das mulheres segurava uma faca. As três fugiram, deixando a irmã gravemente ferida no local.

O homem disse que pegou o carro de um desconhecido e encaminhou a vítima à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) das Moreninhas, onde ela deu entrada às 21h30. Cerca de 20 minutos depois acabou morrendo. A polícia foi acionada e esteve no bar, onde outras pessoas relataram o endereço em que as mulheres moravam.

Os policiais então foram para a residência delas, mas não as encontraram, porque elas estariam supostamente na casa vizinha, na Rua Ayrton Senna, onde vive um homem. O morador negou que elas estivessem lá e disse que só permitiria a entrada a partir de ordem de judicial. Diante da negativa e da incerteza de que elas estivessem lá, os policiais foram embora.

MAIS MORTES

Luiz Roberto Pereira dos Santos, de 26 anos, foi encontrado morto na noite de ontem, dentro de um apartamento localizado em condomínio na Rua Napoleão Marques de Siqueira, no Jardim Leblon, em Campo Grande. 

Ao chegar em casa por volta das 21h33, a mãe se deparou com o filho amarrado pelas mãos e pés e com a boca amordaçada. A suspeita é de que tenha sido asfixiado. Não é descartada hipótese de latrocínio.

Acidente de trânsito ocorrido na noite de ontem, na região da Vila Popular, em Campo Grande, terminou com a morte de Natália de Matos Farias, de 34 anos. A vítima bateu a moto Honda Titan 150 no meio-fio e em seguida foi lançada contra um coqueiro.

Segundo boletim de ocorrência da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro, por volta das 23h54, a mulher seguia pela Avenida Duque de Caxias, quando no cruzamento com a Rua Jamil Nahas, não teria notado a presença da rotatória.

Danilo de Souza Santos da Silva, de 36 anos, foi assassinado com tiro no peito na manhã desta segunda-feira na Rua Vasconcelos Fernandes, perto da antiga rodoviária, na região do bairro Amambai, em Campo Grande. 

De acordo com a Polícia Civil, vizinhos escutaram pedidos de socorro por volta das seis horas da manhã e, ao verificarem, se depararam com a vítima ferida. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas quando a equipe chegou ao local, a vítima já estava morta.