Preso há 109 dias, Puccinelli atende detentos no Centro de Triagem - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Preso há 109 dias, Puccinelli atende detentos no Centro de Triagem

O ex-governador é clínico geral e tem atendido os presos

Publicado em: 06/11/2018 às 18h46

correio do estado

O ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (MDB) preso há 109 dias no Centro de Triagem, localizado no complexo penitenciário do Jardim Noroeste, em Campo Grande, está prestando atendimento médico aos detentos. Puccinelli é clínico geral.

A revelação foi feita pelo deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi (MDB). Segundo ele, Puccinelli está exercendo a profissão. “Tem atendido todo mundo como médico, então ele está trabalhando o dia todo”, disse Mochi.

O deputado visitou o ex-governador no presídio e declarou que Puccinelli “está bem, na medida do possível”.

O presidente do partido é médico clínico geral e foi preso no dia 20 de julho de 2018 após o desdobramento da 5ª fase da Operação Lama Asfáltica.

Mochi afirmou que não tem conversado com Puccinelli sobre política e a possível retomada de André às atividades políticas, depende da Justiça e de uma decisão pessoal dele. “Se ele vai voltar ao cenário político ou não, não cabe a nós decidir isso, não dá pra fazer essa discussão, tem que esperar esse processo passar”, avaliou Mochi.

Ao ser indagado sobre o enfraquecimento do MDB, Mochi disse que o partido precisa se reestruturar e que esse não é o pior momento que a sigla enfrentou. “Passamos por, historicamente, outras dificuldades, essa é apenas mais uma delas. Não vejo como o momento mais difícil, não! Já vivemos momentos mais difíceis, como na época do Sarney”, lembrou.

Mochi alertou também sobre os processos eleitorais e disse que as instabilidades são evidentes. “Tem momentos que você está fora e em outros você está dentro. Olha o PT por exemplo, a situação que estava e olha o crescimento eleitoral do Haddad (candidato a presidente, Fernando Haddad), o PT deu uma fortalecida boa”, avaliou. “Todo processo eleitoral tem uma história dos vencidos e dos vencedores, você nunca perde, você adia a vitória na eleição”, reforçou o emedebista.