Mulher é assassinada a tiros, quase um ano após execução do marido - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Mulher é assassinada a tiros, quase um ano após execução do marido

Publicado em: 14/11/2018 às 07h30

douradosnews

FRONTEIRA Mulher é assassinada a tiros, quase um ano após execução do marido 14 novembro 2018 - 06h25Por Da Redação Alba estava sentada em frente a uma vila de casas quando foi assassinada. - Crédito: (Porã News)

Alba Luz Godoy Chavez, 30, foi assassinada a tiros por volta das 19h45 de terça-feira, dia 13 de novembro, na rua 14 de maio, no Bairro São José, em Capitan Bado, cidade paraguaia que faz fronteira com Coronel Sapucaia, em Mato Grosso do Sul.

De acordo com o Porã News, há quase um ano o marido dela, Adib Morel Dutra, 42, também foi executado no mesmo município.

Na época, os dois estavam juntos em frente a uma residência quando os pistoleiros agiram.

Informações preliminares apontam que Alba teria mandado matar o mentor da execução do marido, ocorrido em 3 de dezembro de 2017.

No momento do crime, Alba estava sentada em frente a sua casa, na rua, quando um pistoleiro chegou ao local e a atingiu com cinco disparos de pistola do calibre 9mm. A mulher morreu na hora e o criminoso fugiu em uma motocicleta, conforme informaçoes do site Porã News.

Agentes da Divisão de Homicídios da Polícia Nacional do Paraguai e da Polícia Técnica, periciaram o local e encaminharam o corpo da vítima ao IML (Instituto Médico Legal) da cidade a espera dos familiares.