Brasileiro é sequestrado por grupo armado e executado a tiros na fronteira - DOURADINA NEWS - 5 ANOS NA LIDERANÇA!

22º min
32º min



Douradina - MS, segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Brasileiro é sequestrado por grupo armado e executado a tiros na fronteira

Exército do Povo Paraguaio (EPP) sequestrou outros três brasileiros

Publicado em: 20/11/2018 às 09h18

midiamax

Valmir de Campos, de 48 anos, foi executado a tiros nesta segunda-feira (19) depois de ser sequestrado por um grupo armado EPP (Exército do Povo Paraguaio). Ele seria sobrinho do prefeito de Coronel Sapucaia, Rudy Paetzol.

O brasileiro estava na fazenda ‘El Ciervo’, em San Pedro, no Paraguai, extraindo madeira quando foi cercado por um grupo armado do EPP e levado junto de mais quatro pessoas. Informações do site ABC Color são que Valmir foi assassinado logo depois de seu sequestro.

O procurador Delfino afirmou que a polícia tenta identificar os integrantes do grupo criminoso que teria sequestrado e executado Vlamir. Ainda de acordo com informações da polícia, eles ainda não recuperaram os restos mortais do brasileiro.

Caminhões e tratores foram queimados depois do ataque do grupo armado.O Ministério Público chegou ao local da possível execução na manhã desta terça-feira (20).

 

A área onde aconteceu a emboscada aos brasileiros seria de dominação do grupo do EPP responsável por vários sequestros e assassinatos na região.